Como a liderança afeta o clima organizacional?

Para responder a esta questão, é importante entender o que é cultura organizacional.

A cultura de uma organização é definida por um conjunto de regras, normas, valores e crenças que espelham o jeito de ser da empresa, influenciando diretamente no clima organizacional.

O clima organizacional reflete a perceção que o colaborador tem do seu local de trabalho e pode ser mensurado através de pesquisas, como a pesquisa de clima, que é uma ferramenta utilizada por muitas organizações e que traz um retrato de como está o nível de satisfação das pessoas em relação ao ambiente organizacional em um dado momento.

A cultura e o clima organizacional precisam ser sentidos na prática, por esta razão é tão importante que as empresas definam estratégias e as coloquem em ação para que todos possam perceber a coerência entre discurso e a prática.

A liderança é primordial neste processo, pois são os líderes que promovem e sustentam a cultura organizacional junto das suas equipas, uma vez que estão em linha de frente.

Os líderes representam a organização!

Para que os líderes atuem com coerência é importante que tenham clareza da sua identidade, que reconheçam quais são os seus valores pessoais e como estes valores estão alinhados com os da empresa. Pois é a partir desta combinação que desenvolvem os seus papéis no dia a dia com as suas equipas.

O outro tema importante, é a liderança positiva que tem sido um modelo de gestão que valoriza os pontos fortes dos colaboradores, potencializando as suas competências e tudo aquilo que o profissional tem de melhor e que pode impactar nos resultados da organização.

Este tipo de abordagem tem trazido resultados bastante concretos, pois motiva e melhora a performance dos colaboradores.  A Gallup, instituto de pesquisa reconhecido globalmente, apresenta em seus estudos que investir nessas forças, nos pontos positivos, traz resultados efetivos de melhor performance para a organização como por exemplo, o aumento em vendas de 10 a 20%, o aumento no lucro de 14 a 29% e aumento do engagement dos colaboradores de 9 a 15%.

Este modelo de gestão da liderança positiva tem como características:

  1. Comunicação assertiva – transmitir as informações importantes e relevantes para o desenvolvimento da equipa, bem como a definição de metas e objetivos alinhados ao negócio, enfatizando os pontos fortes de cada colaborador.
  2. Significado positivo – ajudar cada colaborador a construir um propósito para o seu trabalho. Um trabalho em que se reconhece o sentido e o seu significado, faz aumentar a motivação, o engagement e a produtividade.
  3. Construção de bons relacionamentos– cultivar relações de trabalho baseadas na colaboração e no respeito. O relacionamento interpessoal tem influência direta no clima.
  4. Gestão do clima organizacional – garantir um ambiente de trabalho saudável e agradável em que o respeito mútuo, a alegria, a gratidão e a confiança estejam presentes.

Um líder que age de acordo com estas características consegue promover um excelente clima organizacional.

Conhece líderes assim? Acredita que liderança tem este poder de transformar o clima organizacional?

Se o tema “Liderança” é algo que o/a apaixona, então fica o convite para participar das nossas formações Liderar com Propósito e Storytelling para Líderes. E se tiver algum assunto sobre o qual tem dúvidas e sente que podemos ajudar a esclarecer, contacte-nos.

Ao subscrever a nossa newletter, concorda que os seus dados sejam guardados e utilizados para envio da newsletter